11 Jul

Pelo menos 34 pessoas, moradoras do Vale do Taquari, estão presas na Cordilheira dos Andes entre o Chile e a Argentina. A situação é decorrente de uma forte nevasca que atinge a fronteira entre os dois países, impedindo que os turistas sigam com sua viagem.

Além de moradores da região, as informações dão conta de que há também caminhoneiros gaúchos impedidos de seguir viagem. 

Para evitar problemas maiores, algumas pessoas foram abrigadas no complexo aduaneiro argentino. De acordo com as informações, os turistas são moradores de Teutônia e Estrela. Eles saíram da região no dia 6 de julho, passando por Mendoza, na Argentina, com destino a Santiago do Chile, onde ficariam quatro dias e depois retornariam para Mendoza, antes de retornar ao Vale do Taquari.

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.