25 Jul

Os 35 turistas do Vale do Taquari, que estavam retidos na fronteira entre o Chile e a Argentina, por causa de uma nevasca, chegaram à Teutônia no sábado, 23. A viagem de volta teve início na quinta-feira, 21. O grupo, que saiu da região no dia 6 de julho, deveria retornar no dia 14. No entanto, as condições climáticas desfavoráveis impediram que a comitiva conseguisse realizar o cronograma da viagem dentro do planejado. 

Em razão da nevasca, o grupo conseguiu passar pela aduana argentina, mas ficaram retidos no lado chileno da Cordilheira dos Andes devido às condições do tempo. 

Por pelo menos três noites e quatro dias, o grupo permaneceu dormindo dentro do ônibus que os transportava e por cerca de 30 horas sem alimentação. Para sair do local, caminhões do exército chileno foram utilizados na remoção dos turistas. 

De lá, o grupo foi levado até a capital do Chile, Santiago, onde conseguiram aproveitar um pouco do passeio. 

Foto: Gerson Henrich da Silva / Arquivo pessoal 

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.