03 Sep

Em Muçum, estimativa, baseada em dados do IBGE, apontam que mais de 300 adolescentes entre 12 e 17 anos poderão receber o imunizante

O Ministério da Saúde divulgou na noite de quinta-feira, 2 de setembro, uma nota técnica onde inclui adolescentes de 12 a 17 anos e sem comorbidades no Plano Nacional de Imunização contra a covid-19. Com a normativa, a partir do dia 15 de setembro, este grupo poderá receber a primeira dose contra o coronavírus. A data é igual ao período de início da aplicação da terceira dose do imunizante em idoso acima de 70 anos e imunossuprimidos, que completaram o esquema vacinal há, pelo menos, seis meses.

Conforme o documento apresentado, a vacina utilizada para aplicação nesta faixa etária será a da Pfizer, pois, até o momento, é o único imunizante autorizado para uso em adolescentes. De acordo com levantamento da Secretaria Estadual da Saúde (SES), no Rio Grande do Sul, estima-se que 809 pessoas nessa faixa etária, sem comorbidades, deverão receber a vacina.

Sem data oficialmente confirmada para dar início à imunização em adolescentes, a SES informou que durante reunião realizada na quarta-feira, 1º de setembro, a Comissão Intergestores Bipartite (CIB) ainda não definiu uma possível data para início. Segundo o órgão, somente após a definição do envio de doses, por parte do Ministério da Saúde é que o Estado poderá elaborar um cronograma de imunização.

Conforme os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Muçum tem cerca de 300 pessoas que fazem parte da faixa etária de 12 a 17 anos. Outros municípios como, Encantado (1.510), Doutor Ricardo (169), Dois Lajeados (209), Roca Sales (701), Guaporé (1.751) e Vespasiano Corrêa (117), também apresentam estimativas que podem ser diferentes, uma vez que os dados mais atualizados são de 2010, última vez que ocorreu o Censo Demográfico no país.

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.