18 Jan

Uma das duas primeiras mortes provocadas pela variante da covid-19, a Ômicron, confirmadas no Rio Grande do Sul, na segunda-feira, 17, foi registrada no Vale do Taquari. As informações foram divulgadas pela Secretaria Estadual da Saúde (SES), após resultados de exames do Laboratório Central do Estado (Lacen/RS). As vítimas são um homem, de 88 anos, moradores de Sapiranga, no Vale dos Sinos, e uma idosa de 86, residente em Progresso.

Conforme a SES, os dois pacientes apresentaram sintomas da doença nos dias 31 de dezembro do ano passado e em 1º de janeiro. Devido o agravamento do seu quadro clínicos, os óbitos ocorreram em 2 e 5 de janeiro. Eles estavam vacinados contra a covid-19 e apresentavam outras comorbidades.

Até o momento, 264 casos da nova variante foram confirmados ou sugestivos no Rio Grande do Sul. Pelo 46 municípios já registraram a presença da nova cepa, responsável pelo aumento de casos. São considerados sugestivos, amostras que tiveram o diagnóstico pelo exame de RT-PCR que identifica parcialmente a variante ou aqueles casos que foram confirmados por serem de pessoas com sintomas e que sejam contato desses registros.

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.